Antes de tratarmos especificamente da gestão em micro e pequenas empresas, é importante definir ao certo o que é a gestão.

A gestão empresarial nada mais é que o controle sobre os processos que acontecem dentro de uma empresa, seja ele de estruturação, financeiro, administrativo etc.

A lógica seguida pela gestão empresarial é de melhoria constante. Ou seja, as avaliações dos índices da empresa são importantíssimas para a criação de estratégias para essas possíveis melhorias.

A gente sabe que a gestão é importante, independente do porte da empresa. Mas por que o foco aqui é micro e pequenos negócios?

Uma pesquisa feita pelo SEBRAE em 2016 mostrou que um dos fatores que levam as novas empresas a fecharem as portas é a falta de gestão.

Acontece que para os novos negócios a gestão é ainda mais vital.

Isso porque quanto mais cedo os processos de gestão são bem estabelecidos, as chances de um crescimento saudável da empresa são ainda maiores, garantindo sua escalada no mercado.

Mas como fazer uma gestão efetiva? Qual a ferramenta certa para o seu tipo de negócio?

Saiba a resposta para essas e outras perguntas nos próximos tópicos.

Caderno de anotações


Quando o negócio ainda não possui um grande volume de informações a serem anotadas, é normal realizarem o controle em um simples caderno, isso é bem comum.

Mas mesmo o micro e pequeno negócio precisam de uma gestão efetiva, principalmente por estarem no início de uma longa caminhada empresarial. Caso contrário, dificilmente conseguirá crescer no mercado.

O ideal é que, independente do porte da empresa, você busque meios de facilitar cada processo para que otimize o tempo, trazendo maiores resultados para o negócio.

Uma solução viável é partir para os meios tecnológicos, abandonando os processos manuais, não só para ganhar agilidade, mas trazer segurança para os dados de sua empresa.

Planilha Excel


Para aqueles profissionais que já se arriscam um pouco mais a usar a tecnologia para cuidar de seu negócio, a planilha é uma solução adotada por eles.

Em termos de organização, a planilha de controle traz melhores resultados do que o caderno, obviamente. Porém, usando essa ferramenta, o empreendedor ainda lidará com o registro manual de cada dado e categoria. Além disso, precisará atualizar e corrigir os campos um a um quando necessário.

A planilha funciona como controle individual de cada processo, mas não há integração entre os dados de outras área da empresa. Ou seja, o cruzamento da informações deve ser feito também manualmente.

Apesar de muitos empreendedores ainda usarem a planilha de controle como meio de organizar seu negócio, o mercado já oferece outras soluções tecnológicas que são capazes de dispensar totalmente os processos manuais, como é o caso dos Sistemas de Gestão.

Sistema de gestão


Já ouviu falar por aí de automatização de processos? Muitas micro e pequenas empresas têm usado a tecnologia para para ganhar agilidade no dia a dia.

O sistema de gestão é um exemplo disso. Além de diminuir os riscos de falha humana, o uso de um sistema aumenta a qualidade dos processos e é possível, ainda, destacar a redução de custos.

Por se tratar de Sistema armazenado em nuvem, não há necessidade de fazer instalação em máquinas, além da liberdade de poder acessar os dados de seu negócio de qualquer lugar usando smartphone, tablet ou computador.

A integração dos diferentes dados da empresa te dá uma visão geral de como anda o seu negócio. Você também pode analisar relatórios que a ferramenta disponibiliza e montar estratégias buscando alcançar outros patamares no mercado.

Além de integrar os diferentes setores de uma mesma empresa, o ERP pode ser integrado a outras ferramentas também, como é o caso dos aplicativos disponibilizados pelo sistema vhsys.

Outro ponto, ao contrário da planilha de controle, ao usar um ERP você tem suporte e atendimento qualificados disponíveis para esclarecer suas dúvidas e ajudá-lo no que precisar para o crescimento de sua empresa.

Afinal, qual ferramenta é mais efetiva para a gestão?


Uma pesquisa desenvolvida pelo IDG Research Services, mostra que as empresas que usam um sistema de gestão crescem 35% mais rápido e têm 10% a mais de produtividade em relação aos outros métodos de gestão.

Além de dados que confirmam a eficiência do uso de um Sistema de Gestão nas empresas, existem diversos casos de clientes que começaram a usar essa ferramenta e, hoje em dia, não trocam a gestão automatizada por nada.

Isso porque as vantagens que trouxemos ao longo do post, além de muitas outras, impacta na qualidade dos produtos e serviços oferecidos

Se você preza uma boa rentabilidade no seu negócio também, o ERP traz isso com muita facilidade. Todas as vantagens que trouxemos ao longo do post, além de muitas outras, impactam na qualidade dos produtos e serviços ofertados, ampliando a rentabilidade do negócio.